(11) 4586-1129

Associação repudia aumento imoral de 52% dos vereadores em Jundiaí

Representantes da diretoria da Associação dos Aposentados de Jundiaí e região estiveram presentes à sessão da Câmara Municipal desta terça feira (27), em desagravo ao reajuste salarial de 52%, além de 13° e férias a favor dos vereadores.

No dia 5 de junho, os vereadores de Jundiaí aprovaram o projeto de lei que definiu as diretrizes e a estimativa de orçamento de Jundiaí para o próximo ano de 2024.

Associação, demais entidades e população repudiam aumento em sessão da Câmara desta segunda-feira (26)

 

Lamentavelmente eles aprovaram reajustes de seus próprios subsídios aplicando 52% mais 13° salário e férias.

A atitude dos vereadores em causa própria é imoral, avalia a diretoria da Associação.

As politicas públicas em saúde, moradia, segurança, não são discutidas, a violência contra a Pessoa Idosa aumenta a cada dia, alcançando 855% nos primeiros 05 meses de 2023 em relação ao ano de 2022.

Pra piorar o cenário em nossa cidade, não há Comissão permanente na Câmara Municipal sobre os direitos da Pessoa Idosa.

O Estatuto do Idoso completa 20 anos em 2023 no mês de junho, marcando a reflexão e combate à violência contra a Pessoa Idosa e nesse cenário horrendo os vereadores aprovam um aumento absurdo para um país no qual o último governo deixou como herança 33 milhões de miseráveis.

Os impostos que todos os munícipes pagam anualmente compõem o Caixa do Município e a previsão orçamentária de repasse para Câmara Municipal em 2024 é de 51 milhões.

Reiteramos ser imoral esse reajuste abusivo com férias e 13o.

É o abismo social se aprofundando a partir também da nossa cidade em que políticos atuam em defesa da coisa privada, ignorando as reais e importantes questões de cunho público.

Diretoria AAPJR

foto TVTEM G1