Médicos Peritos do INSS anunciam greve nesta 3ª e 4ª feira

Com 2 dias parados, a expectativa é que sejam atingidos 50.000 atendimentos nesta semana.

A ANMP (Associação Nacional dos Médicos Peritos) do INSS anunciou que a categoria entrará em greve nesta 3ª e 4ª feira (8 e 9.fev.2022). Na última paralisação, realizada em 31 de janeiro, 25.000 perícias foram afetadas.

Com 2 dias parados, a expectativa é que sejam atingidos 50.000 atendimentos nesta semana.

Os médicos peritos pedem recomposição salarial de 19,99% para recuperar perdas com a inflação de 2019 a 2022. Além disso, reivindicam melhores condições de trabalho: no máximo 12 atendimentos presenciais por dia; realização imediata de concurso público; readequação das agências daa Previdência Social que foram reabertas sem as condições sanitárias apropriadas; fim da “teleperícia”, entre outras.

As exigências da categoria, representada pela ANMP, foram encaminhadas ao ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, na última 5ª feira (3.fev).

A presidenta da AAPJR, Fé Juncal, lembra que o INSS é um dos órgãos mais afetados pelo Corte no Orçamento de 2022. Os 41% a menos (em torno 880 milhões) promovido pelo Governo Bolsonaro, enfrentam protestos de peritos médicos do INSS que exigem recomposição salarial e abertura de concurso público, entre outras questões.

Fé Juncal lembra que a paralisação pode impactar até 50 mil perícias médicas agendadas e benefícios, como BPC poderão ficar parados. Em 31 de janeiro deste ano, a categoria já realizou paralisação por melhores condições de trabalho.

“A Associação dos Aposentados vê com preocupação os impactos da redução drástica do orçamento do INSS, para 2022. Benefícios em situação de análise como aposentadorias, pensão por morte e auxílio doença alcançam a marca de1,8 milhões de segurados aguardando a liberação”, destaca Fé Juncal.

 

CLIQUE AQUI E CONFIRA NA ÍNTEGRA O OFÍCIO COM AS REIVINDICAÇÕES DOS MÉDICOS PERITOS DO INSS

Associados, mais informações podem ser obtidas com nossos diretores e em nosso Departamento Jurídico

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.