(11) 4586-1129

MINISTÉRIO DOS DIREITOS HUMANOS E INSS DISCUTEM PARCERIA PARA PROTEGER IDOSOS CONTRA GOLPES

O Ministério dos Direitos Humanos e o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) estão negociando um acordo de cooperação técnica para ampliar a proteção aos idosos e diminuir o risco de que sejam vítimas de golpes e fraudes financeiras envolvendo seus benefícios.

As conversas ocorrem no âmbito do grupo de trabalho do Ministério dos Direitos Humanos que discute ações de enfrentamento à violência financeira e patrimonial contra a pessoa idosa.

No último dia 3 foi realizadapara discutir o tema contou com a presença de Alexandre da Silv, secretário nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, Rita Oliveira, secretária executiva do ministério, e do presidente do INSS, Alessandro Stefanutto.

A ideia é retomar espaços para atendimento humanizado, integrar o Disque 100 (sobre violações de direitos humanos) e o Ligue 135 (do INSS) para receber denúncias de fraudes financeiras, além de reformular o aplicativo Meu INSS e realizar mutirões em municípios para disponibilizar informações sobre os serviços existentes.

O acordo busca atuar em frentes nas quais foi identificada violência contra a pessoa idosa, eliminando o atravessador que oferece ajuda para que eles acessem o benefício —e que, eventualmente, pode cometer uma fraude.

Dentro da negociação também está prevista uma campanha que vai tratar de educação financeira e riscos de violência patrimonial.

foto by FREEPIK

https://br.freepik.com/fotos-gratis/vista-lateral-do-hacker-masculino-com-luvas-e-laptop_8725466.htm#query=golpe&position=0&from_view=search&track=sph